©2019 The artist is irrelevant.

 

Álbum de estreia já disponível:

  • Bandcamp The Artist is Irrelevant
  • iTunes
  • Google Play
  • Deezer
  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
 
 

MANIFESTO

Ao longo dos anos tenho-me questionado frequentemente sobre a importância dos artistas e das suas vivências na forma como interpretamos as suas obras. Será que o “OK Computer” seria um disco igualmente revolucionário se fosse lançado por uma banda desconhecida? E qual é a real importância das histórias por detrás das canções? O “Sea Change” teria o mesmo impacto emocional se não soubéssemos da separação que o inspirou?

O projecto “the artist is irrelevant” nasce da ideia de que qualquer música - ou qualquer peça de arte, num sentido mais lato - é um recipiente vazio até ao momento em que chega aos ouvidos e ao coração de alguém. Só no momento em que alguém a ouve e projeta nela as suas alegrias e tristezas, sucessos e frustrações é que ganha verdadeiramente forma e sentido. A partir daí deixa de pertencer ao seu autor e passa a ser parte integrante da vida e das recordações daquela pessoa, naquele momento no tempo. É por isso que quando ouvimos uma música que nos tenha acompanhado numa fase importante da vida, somos imediatamente transportados para esse momento no tempo. Nesse sentido, o artista é irrelevante bem como qualquer explicação acerca da sua criação: em última análise, só interessa a relação emocional que o ouvinte criará - ou não - com as canções.​

É por isso que irei permanecer anónimo mas a música estará disponível gratuitamente para quem a quiser ouvir, na esperança de que se torne a banda sonora para as vossas memórias neste momento no tempo.

INSPIRAÇÃO
 

Em vez de explicar por palavras o que me influenciou, prefiro deixar a música falar. Aqui ficam algumas das músicas e artistas que me inspiraram durante o processo de composição do álbum:

Apoio